terça-feira, outubro 09, 2007

101. — C.F. Esperança de Lagos, 1980-81

Guarda-redes:
LIBÓRIO, GR-1
HÉLDER Fernandes Lourenço, GR-2 (antes no Torralta e no Portimonense)
.
Defesas:
GONZÁLEZ, LD
— Joaquim Manuel Nobre VIOLA (cap.), DC, Líb. (antes no Farense; havia um Viola nos Nazarenos de 80-81, tinha que ser outro!) {também tenho Augusto VIOLA, qual será o seu nome correcto?}
FERNANDO, DC (antes no Portimonense) {devia ser o Fernando Bom Prudêncio da Silva, n: 1951?}
— Manuel Pereira da Luz “SOTA”, LE (antes no Portimonense)
AMADEU da Cunha Teixeira, LE (antes no Portimonense)
ROSA, DC
TONINHO, LE
(?) ROMEU {será que jogava no Esp. Lagos de 80-81?}
.
Médios:
EDMUNDO Silva, MD
BAGANHA, MC, ME
CUSTÓDIO, ME {devia ser o MD do Portimonense de 75-76?}
— Pedro ALEIXO, MD (formado no Esperança de Lagos)
.
Avançados:
NASCIMENTO, ED
— Carlos Alberto Teixeira Costa “NANINO”, PL, EE, ME (esteve no Marítimo em 82-83) {será que teria andado no Belenenses?}
VÍTOR MANUEL, EE {este não será o Vítor Manuel que andou no Sporting, U. Leiria e V. Guimarães?}
PINTO, EE
DUDU, PL
(?) ZÈQUINHA {será que jogava no Esp. Lagos de 80-81?}
(?) VICTOR {será que jogava no Esp. Lagos de 80-81?}
(?) JUSTINO {será que jogava no Esp. Lagos de 80-81?}
.
TREINADOR:CARLOS Alberto Santos SÉRIO (antigo jogador do Farense e do Portimonense)
.

►►► posições, símbolos
.
.
A equipa do C.F. Esperança de Lagos, versão 1980-81 fez uma grande época, conquistando o regresso à 2ªDN, como resultado do 1.º lugar em que terminou na 3ªDN, Série F – com 5 pontos à frente do segundo, o F.C. Barreirense. Mas não menos saliente foi o seu desempenho na Taça de Portugal, onde (só) foi eliminada pelo poderoso Benfica, que conquistaria a dobradinha nessa época.
Portanto, na Taça de Portugal, o Esperança de Lagos foi galgando terreno, eliminatória após eliminatória, advesário após adversário, até chegar aos quartos de final da prova. Na Taça de Portugal de 1980-81, o Esperança de Lagos foi uma das quatro mais agradáveis surpresas, sendo as outras três o C.F. Bucelenses, o G.D. Oliveira Frades (link) e o C.R.D. Cabeça Gorda, já presente neste blog, post número 23 (link). O desempenho do Esperança de Lagos na Taça de Portugal foi o seguinte: Atlético (3-0, em casa – eliminatória 1/128), U.D. Valonguense (1-0, em casa – eliminatória 1/64), S.C. Leiria e Marrazes (2-0, em casa – eliminatória 1/32), Lusitânia de Lourosa (2-0, em casa – eliminatória 1/16), Amora, que se estreava na 1ªDN (4-3 em casa – oitavos de final) e Benfica (1-2, em casa – quartos de final). Nada de deitar fora. Uma excelente participação desta equipa, então na 3ªDN.
Mas falando dos quartos de final, o Esperança de Lagos foi anfitrião do Benfica, comandado pelo saudoso Lajos Baroti, então líder do nosso campeonato maior, e embalado para mais um título de Campeão Nacional. Está certo que o Benfica marcou primeiro, mas o Esperança conseguiu chegar ao empate, o que, então, fez pairar no horizonte do Campo da Trindade a possibilidade duma surpresa maiúscula. Se a surpresa tivesse acontecido, com certeza que iria haver festa até às tantas em Lagos e arredores. Mas, it was not meant to be ("não era assim que estava determinado")! O Benfica chegou ao segundo golo, e por aí se ficou o resultado.
Contudo, há que referir que foi um jogo muito atribulado no que respeita ao desempenho da equipa de arbitragem. Nada de inesperado. Este tipo de coisas acontece com grande regularidade no futebol pelo mundo fora. Não é só aqui em Portugal que o vemos, infelizmente. Ambas as equipas se queixaram. Talvez menos queixas dos vencedores que dos vencidos, como geralmente acontece. Mas todos manifestaram sentir-se lesados, não sabemos é com que grau de sinceridade em cada uma das queixas que fizeram. Mas é assim que se vê no futebol, tanto no do passado, como no de hoje.
Em resumo, esta foi uma época memorável para o Esperança de Lagos. O sucesso na 3ªDN–Zona Sul, a juntar à grande campanha na Taça de Portugal, de certeza que deixou saudades a todos os adeptos, principalmente aos que estiveram presentes nos jogos da equipa. O tempo apaga muitas coisas, mas jamais apagará recordações como estas. Aproveitamento na Taça de Portugal: 6 jogos, 5-0-1, 13-5 em golos, derrotada nos quartos de final. Aproveitamento no 3ªDN–Zona Sul: 30 jogos, 20-7-3, 62-22 em golos, 47 pontos, 1.º lugar – que resultou na subida à 2ªDN. Aproveitamento nos jogos de apuramento do Campeão da 3ªDN: 4 jogos, 1-1-2, 5-8 em golos, 3 pontos, 3.º lugar na Zona Zul – que resultou na eliminação da equipa para o jogo da Final.
.
.
Esta foto mostra um recorte do cabeçalho da página 7 do jornal «A Bola» de 20 de Abril de 1981, que continha o desemvolvimento desse jogo da Taça de Portugal, dos quartos de final, entre o Esperança de Lagos e o Benfica.
.
Esta foto mostra três recortes da página 7 do jornal «A Bola» de 20 de Abril de 1981, que contêm a ficha desse jogo, assim como um sumário desse jogo da Taça de Portugal, Esperança de Lagos 1 – Benfica 2.
.
Esta imagem mostra uma foto do senhor Joaquim Costa, recortada da página 7 do jornal «A Bola» de 20 de Abril de 1981. Nessa foto, pode ver-se uma imagem da jogada do golo do Esperança de Lagos. Nessa foto pode-se ler também, «GOLO DO LAGOS — Nascimento acorrendo muito rápido ao toque de Nanino, após excelente drible deste, remata, com Pietra e Bastos Lopes a seu lado, derrotando Bento, cuja saída ao encontro do dianteiro algarvio foi infrutífera. Era o golo do Lagos, então empatando (1-1) — (Foto JOAQUIM COSTA)».
.
Esta imagem mostra uma foto do senhor Joaquim Costa, recortada da página 7 do jornal «A Bola» de 20 de Abril de 1981. Nessa foto, pode ver-se uma imagem duma jogada desse jogo. Nesta foto pode-se ler também, «FERNANDO E JORGE GOMES — A bola sobe, sobe, sobe. O veterano Fernando, defesa-central do Lagos, consegue saltar mais alto do que Jorge Gomes. Nascimento e Bastos Lopes esperam que a bola desça. — (Foto JOAQUIM COSTA)».
.Esta foto mostra um emblema do C.F. Esperança de Lagos, a preto e branco, recortado da página 7 do jornal «A Bola» de 20 de Abril de 1981. Resolvi incluí-lo neste post porque me sensibilizei com a forma como os diversos elementos se distribuem para formar este emblema.
.
.

Nota de Agradecimento:
— Com estas palavras, quero agradecer ao amigo Mário Furtado, adepto do C.F. Esperança de Lagos, pelos dados que me forneceu sobre o Esperança de Lagos de 1980-81, assim como pela foto que continha o emblema do Clube e pela página digitalizada (página 7) do jornal «A Bola», de 20 de Abril de 1981, que me enviou. Dessa página digitalizada, fiz alguns recortes que incluí neste post.
.
Obrigadíssimo
Quinas
.

3 comentários:

FREE disse...

o NANINO no prinçipio da sua carreira esteve no Belenenses,sim

Menthor disse...

gostava de saber os resukltados do ESp Lagos na campanha da série F III Div

Anónimo disse...

oeste viola não é o dos nazarenos.o viola dos nazarenos é natural de peniche e jogo lá antes de ingressar nos nazarenos